Meu Cantinho by Quesia: O biquíni ideal para o seu tipo de corpo

segunda-feira, janeiro 09, 2012


O biquíni ideal para o seu tipo de corpo


O biquíni ideal para o seu tipo de corpo

Seguindo alguns truques básicos na hora de escolher o biquíni, você cria curvas onde não tem, aumenta aqui, diminui ali e arrasa na praia

AMPULHETA
O formato: têm ombros e quadril da mesma largura, cintura bem definida, costas largas e coxa volumosa.

A meta: valorizar a cintura, mas sem acentuar as coxas e o busto.

A solução: para promover o equilíbrio entre suas curvas, prefira os modelos monocromáticos, ou seja, top e calcinha na mesma cor.

O biquíni: Em cima – É importante contar com uma boa sustentação, pois normalmente quem tem corpo em forma de ampulheta possui seios grandes. Se esse for o seu caso, um bom modelo é o top faixa, com bojo torcido na frente: ele acomoda bem o peito e cobre toda a lateral, além de a amarração permitir que ele fique bem ajustado e firme. Para se sentir ainda mais segura, use a alça que normalmente acompanha esse tipo de top. Quer mais sustentação? Invista em alças largas, como o frente-única.

Embaixo – As calcinhas devem ter as laterais mais largas para que a cintura não fique tão acentuada e a coxa e o quadril não pareçam ainda maiores.
Foto:    Gerson Bittar

TRIÂNGULO
O formato: apresenta quadril e coxas mais acentuados e ombros estreitos.

A meta: equilibrar a largura dos ombros com a do quadril largo.

A solução: chame o olhar para o seu colo.

O biquíni:

Em cima – Os modelos tomara-que-caia e frente-única aumentam visualmente os ombros, assim como os sutiãs com "push up" realçam o colo e valorizam os seios pequenos, deixando o corpo mais proporcional em relação ao quadril. Invista em estampas grandes e cores chamativas.

Embaixo – Prefira as calcinhas com as laterais largas. Se o tecido for duplo, melhor ainda. Evite opções com cores claras, estampas grandes ou listras horizontais. Apresenta quadril e coxas mais acentuados e ombros estreitos.
Foto:    Gerson Bittar
TRIÂNGULO INVERTIDO
O formato: possui muito busto, ombros largos, quadril estreito e pernas finas.

A meta: balancear o volume do quadril com a largura dos ombros.

A solução: jogue a atenção para o quadril.

O biquíni: Em cima – Dê preferência a tops de alças retas, que “quebram” a largura dos ombros, que ofereçam boa sustentação e que sejam escuros e lisos.

Embaixo – Use calcinhas baixas ou tangas. Os modelos com lateral drapeada, com aplicações ou amarrações, enganam os olhos e causam a impressão de que o quadril é maior. Ainda na parte inferior, prefira opções com cores claras ou estampadas, principalmente com listras horizontais.
Foto:    Gerson Bittar
OVAL
O formato: volume no quadril, no busto e na cintura, e barriga proeminente.

A meta: criar uma linha que alongue a silhueta e chame a atenção para a cabeça e os ombros.

A solução: maiôs com drapeados na diagonal (em tecido mais fino para evitar volume) são uma ótima opção para disfarçar as gordurinhas. Prefira estampas escuras ou modelos com listras verticais. Prefere biquíni? Veja a seguir:
O biquíni:

Em cima – O modelo frente-única ajuda a destacar os ombros e os decotes em "V" ou "U" alongam a silhueta e disfarçam o volume dos seios. Não se esqueça de que precisará de um top com sustentação.

Embaixo – Opte por calcinhas largas e altas, que cobrem um pouco a barriga e, assim, ajudam a disfarçar as gordurinhas abdominais. 
Foto:    Gerson Bittar

RETÂNGULO
O formato: exibe poucas curvas. As medidas do ombro e do quadril são semelhantes, e a cintura não é definida. 

A meta: criar uma ilusão de cintura. 

A solução: esse tipo de corpo é comum em mulheres magras, que podem abusar de todos os recursos para ganhar volumes tanto na parte de cima quanto na de baixo. Uma boa opção é o maiô engana-mamãe, ainda mais se ele tiver recortes arredondados, o que cria um efeito de curvas. 

O biquíni: 

Em cima – Vale usar um com o top tomara-que-caia estampado, de preferência com listras horizontais – ele chama atenção para o colo e desvia o olhar da cintura. Outra opção é o modelo cortininha. Você também pode usar modelos drapeados, que criam um volume na região. Peças estampadas e de cores claras ajudam a "aumentar" a região. 

Embaixo – Para quem não tem cintura, os modelos ideais de calcinha são os mais cavados, mas não abuse, pois o estilo asa-delta está fora de moda. A calcinha deve ser baixa e ter drapeados ou amarração lateral, e quanto mais fininha a lateral, melhor. Se a lateral for muito grossa, sua aparência ficará ainda mais quadrada. Cores claras e estampas coloridas também aumentam o quadril.
Foto:    Gerson Bittar
Conteúdo retirado do site Revista Criativa
3 Comentários

3 Recadinhos ï3:

Make fan7asy disse...

Eu aodroo maiô. acho tao elegante! Adorei o seu blog! To seguindo ja! Da uma olhadinha no meu, tem até um sorteio la.. talvez voce queria participar. Seria uma honra.
Beijiinhos,
@Makefan7asy

Coisas de Mulher disse...

Olá querida!
Estava já com saudades de vir te visitar,devido ao fim de ano nós ficamos meio atarefadas la no blog Coisas de Mulher e não deu pra vir te visitar,mas agora estamos de volta e pretendemos fazer varias visitinhas na semana,prometemos assim q tiver tempinho disponível vir correndo visitar este cantinho lindo.
Queremos avisar também que la no bloguito Coisas de Mulher,esta rolando varias novidades,inclusive uma super pesquisa q trará prêmios.Venha nos visitar quando quiser pois será um prazer ter vc conosco!

Bjitos
Nanda e Day
Coisas de Mulher
http://coisasdemulher21.blogspot.com/

Claudiana (25/11/2010) disse...

Oi Quesia, tudo bem?
Hoje arrumei um tempinho e passei aqui para te visitar, ótima semana pra vc, bjs

Postar um comentário

Deixe um comentário e não deixe de seguir
Deixe o seu link do blog que retribuirei o carinho
E te seguirei assim que eu puder.
Um bjinho e obrigada pela visitinha!!!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

 

▲ Topo